Itapissuma investe cada vez mais na saúde

20150416_144111

O Prefeito Cal Volia e o Secretario de Saúde, Doutor Paulo Roberto apresentaram na última quinta-feira (16-04) a nova capacitação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU de Itapissuma. O curso de atualização teve duração de 10 dias composto por aulas teóricas e práticas e no final uma apresentação de simulação em plena praça no Centro da Cidade.

Shirley ReginaA coordenadora do SAMU Itapissuma, a enfermeira Shirley Regina focou na relação entre adquirir conhecimentos e aplica-los no dia-a-dia dos socorristas. “Tenho muito orgulho de pertencer a um grupo que oferece um serviço importante para a sociedade, um serviço que fica disponível 24h por dia. Por isso, é necessário sempre atualizar os nossos profissionais em relação às técnicas e ao conhecimento, e estimular a vontade e iniciativa desses profissionais para que sejam usadas no intuito de um melhor atendimento, deixando um serviço público mais qualificado e humanizado” detalhou Regina.

O SAMU presta atendimento de urgência e emergências em qualquer lugar, entre eles residências, locais de trabalhos e vias públicas. O socorro é feito depois de uma chamada gratuita feita para o telefone 192. A ligação é atendida por técnicos da Central de Regulação em Recife, que identificam a emergência e imediatamente transferem o telefonema para o médico regulador da central que corresponde à região.

Esse Profissional faz o diagnostico da situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente ou a pessoa que faz a chamada sobre os primeiros procedimentos. E assim destinando qual a unidade será deslocada para o local, se será uma ambulância Básica ou UTI.

O SAMU 192 é extremamente importante para a população, um dos motivos é dar qualidade à assistência pré-hospitalar, de modo que agiliza o deslocamento do paciente para o local de atendimento, forçando assim um melhor atendimento de toda a rede de hospitais da região. O requisito da qualidade inicia-se logo na seleção dos profissionais que vão trabalhar no órgão, onde todos têm que passarem pelo método de capacitação dirigida e continuada para que sejam habilitados no atendimento de urgência e emergência.

Os condutores, médicos e auxiliares de enfermagem do SAMU possuem uma qualidade acima da média, em termos profissionais. Isso é uma exigência institucional do sistema. E, obviamente, disso resulta o grande impacto que o SAMU gera no rebaixamento do número de óbitos, na diminuição do tempo de internação hospitalar e na prevenção das sequelas decorrentes da falta de socorro precoce ou do socorro feito de modo errado.

20150416_150713

O Samu 192 fica “on-call”, 24 horas, podendo ser chamado para ocorrências de vários tipos como: numa crise de asma, uma dor cardíaca, nos casos de envenenamento, nos casos de queimaduras graves, casos de maus tratos, casos de trabalho de parto, nas crises hipertensivas, nos acidentes/traumas com vítimas, afogamentos, casos de choque elétrico, nas transferências inter-hospitalares em doentes com risco de morte, nas tentativas de suicídio, cefaleia, etc. Vale lembrar que, conforme a portaria número 2048/GM/MS coube ao Samu, a priori, o atendimento também das Urgências psiquiátricas.

Redação do Informe-PE, Por Paulo Fernando

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *