Ambev vai investir mais de R$ 400 milhões na expansão da fábrica de Itapissuma

art_9433

A maior fábrica da Ambev no Norte e Nordeste vai ficar ainda maior. A companhia vai investir mais de R$ 400 milhões nos próximos dois anos para ampliar a unidade instalada em Itapissuma, Região Metropolitana do Recife, e concentrar novas operações logísticas. O anúncio dos investimentos foi feito pelo presidente da Ambev, Bernardo Paiva, que se encontrou ontem à noite com o governador Paulo Câmara no Palácio do Campo das Princesas.

Segundo informações do governo do estado, o staff da Ambev voltará a Pernambuco para detalhar a nova operação. Mas já foi adiantado que, com a expansão, a fábrica em Itapissuma será a primeira do Nordeste a produzir o portfólio da nova linha Long Neck da cervejaria, que reúne Budweiser, Stella Artois e Skol Senses. Além da ampliação da produção, a unidade será também a primeira da região a importar cerveja da linha Super Premium, a Corona.

Bernardo Paiva também informou a Paulo Câmara que a distribuição dos produtos para toda a região Nordeste será feita a partir de Pernambuco. O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Thiago Norões, destacou o fato de os municípios de Igarassu e Itapissuma estarem localizados sobre o Aqüífero Beberibe, que possui uma das águas de melhor qualidade do país. “Para produção de cervejas, isso é uma razão determinante.”

A fábrica da Ambev de Itapissuma, construída às margens da BR-101, foi inaugurada em março do ano passado, marcando o aniversário de 85 anos do grupo em Pernambuco. Considerada uma das mais modernas do Brasil, recebeu investimentos de R$ 725 milhões para ter capacidade de produzir 800 milhões de litros das principais marcas de cerveja e refrigerante do grupo. Gerou mais de mil empregos.

Com o início da operação da nova fábrica em Itapissuma, a Ambev optou pela transferência da operação da unidade do Cabo de Santo Agostinho para o local. Além desta fábrica, a companhia possui em Pernambuco quatro centros de distribuição direta (Olinda, Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Salgueiro).

Fonte: DP

FacebookTwitterGoogle+WhatsAppPrint

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *